quarta-feira, 7 de julho de 2010

Entrevista exclusiva e de verdade com Paul, o polvo que prevê os jogos da Copa

Paul acertou todos os resultados da Alemanha até a semifinal. Na falta de notícia, vai ver, virou celebridade mundial

Este octópode previu as vitórias com um índice de acerto de deixar inveja a grandes videntes mundiais como Mãe Dinah. Por conta disso, tornou-se uma das grandes sensações da Copa do Mundo na África do Sul. Quibom! Hoje, Paul é provavelmente a maior celebridade animal instantânea do país desde o famigerado ursinho Knut.

“Não conheço Larissa Riquelme, mas se ela for bonita aceito o encontro”, disse o esperto molusco, dando a dica aos sisudos portais para mais um recorde de audiência. Momentos antes da semifinal entre sua Alemanha natal e a Espanha, direto do aquário alemão de Oberhausen, Paul, o Polvo, ao lado de seu supervisor, Daniel Fey, saiu um pouquinho da água para dar sua primeira entrevista ao Brasil, via gtalk.

concedida moluscamente ao vertebrado @vandeursen

SUCEÇO - Logo mais teremos Alemanha x Espanha, jogo que talvez seja um dos melhores da Copa. Mas o “polvo com 100% de acerto nas previsões”, como o senhor vem sendo chamado pela mídia internacional, disse que a Espanha vencerá. É possível que sua previsão [Paul previra que a Espanha eliminaria os alemães] tenha sido influenciada por um suposto medo de virar paella dos espanhóis?
PAUL, O POLVO - Não. Não tenho medo de ser comido. Eu sei do que trata meu trabalho: fazer as pessoas, as crianças, sorrirem.

Ç – Uon. O senhor não acha que – com todo o respeito – é responsabilidade demais depositar as esperanças e expectativas de mais de 1 bilhão de pessoas, de 32 nações inteiras, nas costas de um molusco?
PP - Fiquei tranquilo durante toda a Copa do Mundo, embora, sim, haja uma grande pressão sobre mim. Aquele que pode prever corretamente [resultados de] jogos é o Escolhido para tal função.

Ç – Perguntinha importante: quem vence a Copa? Alemanha? Espanha? Holanda? Empate?
PP - Vencerá aquele que será derrotado sexta.

Ç – Mas pode isso, Arnaldo?
PP - ?

Ç – Então quem deveria ganhar a Copa?
PP – O melhor time. Nós preferimos a Alemanha.

Ç – O que mudou com sua fama mundial repentina?
PP – Muitas pessoas vêm ver Paul e seus amigos.

Ç – Quem dá mais sorte a esse jovem, empolgante e talentoso time alemão? O senhor ou a chanceler Angela Merkel?
PP – Depende de quem os jogadores preferem.

Ç – O senhor conhece Larissa Riquelme, a paraguaia que encantou o mundo com seu estupendo e voluptuoso talento de torcer por sua pátria?
PP - Perdão, infelizmente não conheço essa (provavelmente muito interessante) moça. Mas se ela é bonita adoraria encontrá-la.

Ç – Um dos vídeos mais populares neste mês de Copa mostra o técnico da Alemanha, Joachim Löw, “limpando o salão”. Entre polvos, imagino que isso também seja um hábito popular, devido a seus vários tentáculos.
PP – Polvos não têm este tipo de nariz [tom compreensivo, provavelmente tocado pela ignorância do repórter em zoologia]

Ç – O senhor sente falta da vida livre no mar?
PP – É bom aqui. Tenho meu próprio médico, boa comida, sem inimigos e muitas pessoas que posso fazer felizes. O que pode ser mais legal do que prever para o mundo todo resultados de futebol?

Ç – Mudando de assunto, o senhor conhece Bob Esponja e Lula Molusco? Como eles são no dia a dia?
PP - Bob Esponja é muito quieto! Agora, esse Lula eu não conheço...

Ç – Hmm, o que o senhor acha dos rumores sobre a sexualidade de Bob Esponja?
PP – Sou discreto, prefiro não comentar.

Conheça o aquário de Oberhausen, a casa de Paul, e aprenda um pouco de alemão

3 comentários:

Frico disse...

Prêmio Esso, fácil...

Energizaizer's disse...

Pô! Queria saber de Paul, o polvo, se a maré será alta ou baixa para Dilma, a suçeçora indicada por Lula.

Bárbara dos Anjos Lima disse...

gênio. Prêmio Esso. Ou pelo menos Eço.