sábado, 18 de outubro de 2008

Os internautas da Rede Globo que navegam pela internet não existem

Para quem ainda tinha dúvidas e não viu o email do Tomás Turbando para a ESPN aí vai mais uma espirituosa mensagem da Paula ao narrador Zé Roberto...



E a Paula também ataca na Rádio Gaúcha:

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Da série: placas de trânsito

Crise econômica é vista nos painéis de Times Square, em Nova York

Times Square, outubro de 2008. O fim de uma era? Ui ui ui, que assunto de fracaço


E não estamos falando dos índices Dow Jones e Nasdaq, exibidos na sempre apinhada região de Times Square, em Nova York. Nos quarteirões, conhecidos pelos teatros da Broadway, megalojas e hiperbólicos painéis luminosos, além de multidões de turistas brasileiros fazendo compras no "dia livre" do pacotão em 12 vezes da CVC.

A atual crise econômica planetária, sentida na pele por números estranhos e pedaços de papel, pode ser vista aqui, no centro da autoproclamada "capital do mundo". É, moçada, o datashow de Times Square deu pau, e onde era para vermos bichinhos fofos e coloridos, só mensagens de erro, reaparições mórbidas do DOS, tiltis de Power Point e chuviscos na tela. Confira:



Enquanto Dá o Jones despenca...

...Os famosos painéis de Times Square dão pau...

Alguém não pagou a manutenção...


...E o Suceço demonstra sua compaixão com o crack de 2008, o fim de uma era do Capital

Até mesmo o símbolo da força financeira americana, o touro de Wall Street (que, caem-se as máscaras, não fica nessa rua) está definhando, coitado...

Moda das mulheres frutas chega a Nova York

No Brasil, filé é fruta


Nova York é conhecida por ser uma cidade cada-uma-na-sua, ops, quer dizer, cada um no seu quadrado. Nem cyberpunks hindus, nem monges hippies black power. Somente a gostosura da mulher brasileira faz um homem olhar para o lado, e o flagrante de uma estrela brasileira fazendo compras em Times Square não passou despercebido pela reportagem implacável do Suceço.

Yani de Simone, mundialmente conhecida no Brasil como Mulher Filé, que se diz criadora da dança do pisca-bumbum, foi vista esperando o metrô na Big Apple (em NY, pegar metrô é chic). Ela, que não foi reconhecida pelas pessoas na rua, caminhou tranqüilamente pela cidade, apesar da assustadora crise em Wall Street, onde a Mulher Jaca tem um punhado de ações em primeira pessoa (como Dançar, Rebolar e Chacoalhar). Simpática, a nova musa da música brasileira disse que "Obama vai ganhar, se eu votar, votarei aqui nos USA. Mas preciso voltar ao Rio. Lá, sou Brizola. Ah, pretendo fazer o curso do Wolf Maya". Sempre simpática e com cabelo novo, ela sorriu para o fotógrafo do Suceço:

o fim está próximo

O acelerador de partículas não criou o buraco negro, mas Wall Street foi pras cucuias de novo, o Dunga continua na área e agora a crise econômica se juntou à crise dos alimentos, ao aquecimento global e ao High School Musical para acabar de vez com o planeta.

Quer evidência mais clara de que o apocalipse se avizinha do que Zeca Pagodinho, ídalo do Suceço, bebendo, er, isto?


Dica da Ana, que perdeu tudo na bolsa - lá na praça Rusvelt, pro moleque travesso

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Irmã de Doug Funnie

Lembra do Doug Funnie, aquele moleque imbecil que era apaixonado pela Paty Maionese? Pois então, descobriram a irmã de carne, osso e espinhas dele...


"Eu sei que você não me quer mais/ mas não ligo, não ligo, não ligo/ Hoje me liberto / Hoje é teu castigo"



"Era tão bom, quando começou. Agora terminou. E sinto tanto, tanto, meu amor"




"Nesse dia eu tava rindo à toa! kkkkkk amo vcs amigass"


"Soh curtissao na escola!"

Discípulas de Inri Cristo lançam blog

Inri Cristo cada vez mais 2.0 AD

Asusana e Alíbera, as discípulas de Inri Cristo que cantaram alguns dos maiores hits do ano, agora têm um blogue para divulgar todo seu talento ímpar.

Agora mesmo, vai lá e escuta as meninas hablando en espanõl y cantando La Violetera, una belísima canción. E ainda não dá pra perder as fotos incríveis para você baixar.

Adicionei aos favoritos. Vai lá, infiel!

Dica do Rodolfo, que é discípulo

Nosso primeiro patrocinador! Uhu!

Até então, não ter patrocinadores me deixava posseÇO.

Mas calma ai meu amigio!!!!!!!!
Como havia premeditado, as cotas iriam aparecerrrr. Suceço!!! O futuro GOOGLE, celulares SuceÇO, video-games SuceÇO, feira de tecnologia SuceÇO!!!!!!!!!!!!!!!!!

Eu CEO do SuceÇO?????

Uhu, um viva para o nosso primeiro patrocinador.





video

O post-it é o segredo do spagueti


A gente podia conseguir patrocinio da 3M né?

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Qual é a sua nacionalidade sexual?

A marca de lubrificantes íntimos (adoro esses eufemismos sexocomerciais) KY criou um divertido hotsite para você descobrir sua nacionalidade sexual. Uma fiscal de aeroporto te interroga e depois divulga o veredicto.

Eu, segundo a entrevista, sou sensual, atlético, rítmico como o samba, agüento o tranco até de manhã ou até o vizinho chamar a polícia. Sou 64% brasileiro.

Faz aí e diz o que é!

Música techno é o novo "nana nenê"

Que mané Xuxa, as crianças da nova geração já nascem dançando techno, de óculos escuros e garrafinha d'água nas mãos!

Se liga na ginga do moleque!

La pequeña... Sarah Palin

Depois de Amy Winehouse, Hilary Clinton, Ingrid Bettancourt e Madre Teresa de Calcutá, chegou a vez de... Sarah Palin!

A versão "mini me" da candidata republicana à vice-presidência já caiu na rede.
Será que ela ganha seu voto?

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Islândia à venda. E alguém lá quer comprar gelo?

ATENÇÃO: ESTE POST É LOTADO DE PRECONCEITOS. CASO SE SINTA OFENDIDO, PERDOE-NOS E QUEIRA CATAR COQUINHOS

Um maluco botou a Islândia à venda no eBay por um lance inicial de 99 pence. Historicamente, vender territórios a preço de banana não é incomum, basta lembrar do Alasca, de Manhattan, do Acre e do Condado da Terra Média. Mas a Islândia, por incrível que pareça, vale mais que isso. Um pouco mais, mas vale. Segundo o UOL Tablóide, um mais maluco ainda ofereceu 10 milhões de libras (o equivalente a 13 trilhões de reais) por aquele pedaço de gelo (literalmente, o bagulho se chama iceland, em inglês) - e ainda não incluía a Groenlândia, outra terra inútil e a Björk no pacote.

Björk é uma cantora boliviana de praça que deu certo, graças a produções circenses, clipes alucinógenos e músicos bons por trás dela. Mas, no fundo, é só aquela onipresente e folclórica cantante de flautas coloridas que você sempre encontra nas férias. Seja em Ubatuba ou em Times Square...
Eles estão em todo lugar. Na real, a foto foi pega do Flickr, mas a cena é quase a mesma flagrada por mim, ótimo fotógrafo que sou, principalmente quando acabam as pilhas da câmera... Ah, e repara no ônibus ao fundo


E a Björk é tão chata que ela canta pela independência de locais que também poderiam estar à venda, como o Tibete.



Mas os donos dessa terra montanhosa cheia de manteiga de iaque, os chineses, são muquiranas e não abrem mão do território. O que seria uma benção, pra fazer gente como Björk e Bono Vox ficar um pouco mais quietos. Daqui a pouco até aquela menina debilóide que canta na rua Augusta e na MTV vai fazer política.

Dei meu lance. Pra mim, a Islândia vale 500 reais sem a Björk. Com a cara-de-esquilo, 50 mangos. Pelo menos é gelo pra cerveja até o fim dos tempos...

"Também Sou Hype"



A nova sensação do indie rock. Em breve será descoberta pelos moderninhos da Augusta

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Crianças com Wii viram debilóides

O Suceço está em Nova York e vai mandar, a partir de hoje, notícias bizarras, vídeos estúpidos e fotos de anônimos e celebridades flagrados por nossas câmeras-de-turista, blocos moleskine-porque-somos-hype-ridículos e qualquer-outra-ferramenta-que-o-bom-repórter-blogueiro usa.

Bem, antes de começar a postar sobre a Big Apple, fomos às compras na loja da Nintendo, na Quinta Avenida, onde jogamos o fenômeno da década ao lado do iPod e do bilhete único: o Wii (pronuncia-se Wii).

Eu comprei e, ao abrir o presente que dei para mim mesmo, reagi mais ou menos assim:

Aprenda inglês com o Arthur

Melhore sua pronúcia de um jeito simples.
Basta boa vontade e um pedaço de papel!
E repita junto "Eu também vi o tatu"



fonte: Papel Pop