segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O chamado

Nova York, mês do halloween, em pleno Museu de arte Moderna - o MoMa, deparo-me com a família de uma ilustre e assustadora assassina: Samara, famosa por seus telefonemas que dão 7 dias àqueles que assistem seu memorável vídeo.























no MoMa, sua família:





















(em sentido horário: Sebastian, o pai; Sliterin, o irmão mais velho; Susan Shiva, a mãe biológica)

4 comentários:

zé disse...

chique tu, hein?! NYC? deve ter sido show de bola
bjao!

RG disse...

eles lembram o primo It, da família Adams!!! hahahahahah

Anônimo disse...

dá mais medo ainda o reflexo da foto!

descalça disse...

o reflexo é um efeito especial, que nem a TV, sabe?
huahahuahuhauhua
NY é incrível, zé!
:)